Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

SNTNELA

22
Abr18

Cada vez mais distantes

Sntnela

Cada vez mais distantes 3298889_1920.jpg

Embora saiba o caminho de casa,

neste momento não consigo voltar,

e cada dia longe,

faz com que pareça impossível,

voltar atrás não é assim tão fácil,

construimos muros invisíveis,

que nos impedem de passar.

É como se aquele lugar já não nos pertencesse,

e embora haja em nós raízes fortes,

também já não pertencemos a ele.

Podemos voltar, mas não conseguimos ficar,

o passado já não nos pertence,

não somos os mesmos.

e já estamos demasiado tempo longe,

para chamarmos de nossa casa, nosso lugar.

perdidos nos nossos ideais, nossos sonhos...

estamos cada vez mais distantes.

16
Abr18

Embriaguez

Sntnela

 

embriaguez,-1210198_1920.jpg

Chorei lágrimas de felicidade,

uma sensação de bem estar,

uma alegria que não se explica,

dancei noite a dentro,

era eu mesma outra vez,

senti me livre, dona de mim,

me encontrei num copo de rum,

e me deixei levar,

permiti me viver um pouco da loucura,

que todo ser carrega em si,

gargalhei, brinquei, vivi...

e o que em mim a muito andava adormecido,

veio a tona, quem sou , e do que sou capaz,

discernimento, ou insensatez?

aquela era mesmo eu,

a lucidez em meio a embriaguez.

12
Abr18

Preciso ir

Sntnela

PRECISO IR-3308989_1920.jpg

Estou indo embora,

em busca de novas aventuras,

de um novo caminho,

foi bom estar aqui,

mas meu coração é inquieto,

esta sempre em busca 

de um novo amanhã,

não que eu não a tenha amado,

mas ainda não foi o suficiente,

para me prender aqui,

sou como passarinho nasci para ser livre,

como um beija flor,

horas aqui, outras ali.

nosso romance esfriou,

e eu preciso de calor,

de me sentir como vulcão em chamas,

preciso de muito mais.

Quem sabe um dia eu encontre,

o que não procuro,

um amor que me aprisione,

e me instale de uma vez,

mas neste momento,

preciso ir.

 

11
Abr18

Abra os teus olhos

Sntnela

Abra os teus olhos-888591_1920.jpg

Os tormentos da vida nos pesa nos ombros,

retira nos a força, a esperança,

por vezes até mesmo a vontade de viver,

no meio ao desespero sentimos nos abandonados,

e que o sofrimento é demasiado para suportarmos,

os pensamentos se tornam vazios,

tudo e qualquer afazer sem sentido, sem graça.

E perguntamos muitas vezes porque eu?

o que fiz para merecer isto? 

e simplesmente deixamos de acreditar na vida,

nas pessoas, em um ser superior,

independente de religiões, 

esquecemos de todas as coisas maravilhosas

que nos são proporcionadas,

as provações fazem parte do nosso aprendizado,

a vida é feita de conquistas, nunca será fácil.

 Enxugue as lágrimas,

elas estão cegando os teus olhos,

olhe a seu redor, há milhares de motivos para sorrir,

volte a ter fé...

Em si, nos outros, no perdão, no amor,

busque paz, e encontraras a felicidade,

abra os teus olhos, Deus sorri para ti.

09
Abr18

Mas só chove

Sntnela

 Mas só chove-2569012_1920.jpg

Quero paz em meio da confusão,

corro, mas não sei em que direção,

percebo que me molho independente 

se eu andar ou correr,

a nuvem esta sobre minha cabeça,

o vento dobra o meu guarda chuva,

e o auto carro já la vai,

no meu rosto molhado,

água e lágrimas se misturam.

Em meio o meu desespero,

o coração apertado,

sento me no banco da paragem,

a espera de ir para casa,

a espera que cesse a chuva,

que passe esta angustia.

e que venha os dias de sol.

mas, só chove.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

subscrever feeds

Pesquisar neste blogue

Tags

mais tags